terça-feira, 17 de maio de 2011






Redes sociais pegue essa onda , ou vai ficar boiando !


Disponível em :http://1.bp.blogspot.com/-fTfH-Jz2DN8/TdJMGrLjCYI/AAAAAAAAABQ/5CmTx5RFNFc/s1600/surf.jpg







Vida nas redes sociais , entre nessa e não saia mais .

Disponível em :http://melhoresidiotices.blogspot.com/2010/11/internet-na-veia.html






Redes sociais: Conexão mundial 

Disponível em :http://desditasditaseescritasdataniah.blogspot.com/2010/08/bla-bla-bla-bla.html









  1. Pode até ser difícil tirar doce de criança, mas o impossível é tirar as redes das suas vidas.

Disponível em:http://angielis.blogspot.com/2010/11/orientacao-espiritual-para-os-que-usam.html/



Inclusão digital

Pensando em redes sociais logo vemos o seu crescimento e junto a ele a inclusão digital.

      Devido a consolidação da internet como mídia foi sendo criado uma expectativa na formação de um instrumento realmente democrático capaz de guardar e divulgar globalmente as informações. O baixo custo desse novo veículo de comunicação ajudou com que as pessoas que não tinham esse acesso, tivessem uma oportunidade de mostrar suas idéias,opiniões , informações,etc.,em um espaço onde é acessado mundialmente .Mas é necessário ter cuidado ao observar  as informações que pode não existir total segurança de conteúdo .
       A ciência e tecnologia vem ganhando cada vez mais o seu espaço em áreas de comunicação. O ritmo acelerado propicia novos desafios , onde a qualidade jornalística é muito importante. O leitor é sempre o maior prejudicado com a informação desqualificada, ainda com muitos profissionais que procuram manter- se atualizados através da educação informal.Informações falsas podem trazer conseqüências graves , como a automedicação ao uso inadequado de medicamento . Existem princípios para o cientista ter o seu trabalho reconhecido : 1- universalismo, 2- comunismo, 3- desinteresse e 4-ceticismo organizado .
             Nem sempre as informações trazidas pela reportagem abordam avanços . O jornalista científico tem a inovação da descoberta da ciência e tecnologia . Muitos cientistas deixam de conversar com jornalistas alegando que suas pesquisas são segredos. A mídia tem um papel importante no avanço da compreensão do público sobre a ciência que ainda é falho.
             Com as alianças entre as redes de notícia e grupos financeiros e industriais , a independência editorial dos meios de comunicação ao todo, encontram-se ameaçados, com isso não e difícil de ver que a ética , na realidade empresarial se confronta com os negócios . No caso da internet, apesar de sua consolidação , nem todos os brasileiros tem acesso a rede.

             Mesmo com todo esse crescimento da inclusão digital , desafio é ensinar a utilização da maneira certa de ter esse novo veículo como uma fonte barata e rápida para pesquisas e informações. 

 

segunda-feira, 16 de maio de 2011

O que fazer na hora do desespero: Primeiros socorros

Algumas pessoas desconhecem os cuidados que devem ser aplicados no momento em que alguém sofre um acidente e muitas vezes tentando ajudar acabam prejudicando a vítima, siga os passos abaixo e poderá executar de maneira correta os primeiros socorros.

Fratura

Fratura é uma lesão violenta do osso, podendo haver (fratura aberta) ou não rompimento da pele (fratura fechada). Em caso de fratura exposta são necessários cuidados especiais, portanto cubra o local com pano limpo ou gase e chame a emergência.
Fratura Fechada
Sintomas: Dor ou sensibilidade no membro afetado, incapacidade de movimentar a região, inchaço e pele arroxeada, em alguns casos, deformação visível no membro.
O que não fazer: basicamente não devemos mover a vítima antes de imobilizarmos o local aingido.
O que fazer: caso você não tenha presenciado o acidente deve em primeiro lugar conversar com o acidentado para saber o que o houve, depois deve-se imobilizar a região afetada e chamar a emergência ou levar a pessoa machucada ao médico.
Fratura Aberta
Sintomas: são basicamente os mesmos sintomas da fratura fechada, acrescentando o rompimento da pele e sangramento. 
O que fazer: Deve-se deitar a vítima, e fazer uma compressa com um pano limpo, depois imobilizar o local com qualquer material rígido e amarrar a “tala” com tiras de pano (se as extremidades se apresentarem frias ou arroxeadas, afrouxe imediatamente as bandagens).
O que não fazer: não tentar colocar o osso no lugar, não mover a vítima antes de imobilizar o osso, não dar remédios a vítima e permitir que ela mova o tronco.
Entorse
O que é: o afastamento momentâneo dos ossos no local da articulação, normalmente ocorre estiramento dos ligamentos, mas só em alguns casos há o rompimento dos mesmos. Essa lesão é causada por movimentos muito bruscos e repentinos
Sintomas: dor em grande intensidade, inchaço e equimose no local da articulação.
O que não fazer: em um caso de entorse, basicamente o que  não se deve fazer é movimentar a área lesionada.
O que fazer: a primeira coisa a se fazer é por gelo no machucado, o que diminuirá o hematoma e a dor, e conversar com a vítima depois, se deve imobilizar o local lesionado.

Luxação
O que é: quando as extremidades ósseas se deslocam, permanecem desalinhadas e sem se tocar. Pode ser causada por uma forte pressão, que deixará o osso fora do lugar ou por uma intensa contração muscular, nesse caso pode haver o rompimento dos ligamentos.
Sintomas: dor intensa, impossibilidade de movimentação do membro e deformação grosseira da região.
O que não fazer: não se deve tentar colocar o osso de volta no lugar ou movimentar a região.
O que fazer: são cuidados similares ao de uma fratura fechada, deve-se por gelo, imobilizar o local e levar a vítima para o atendimento médico.
Obs: é bastante difícil diferenciar uma fratura fechada de uma luxação.
Queimaduras
O que é: o resultado da ação direta ou indireta do calor sobre o organismo. Na maioria dos casos causada pela chama do fogo, água fervente ou contato com objetos aquecidos.
1° Grau:
Esse tipo de queimadura só atinge a camada superficial da pele, a epiderme, é considerada uma queimadura leve e só é necessário o socorro médico quando atinge uma grande extensão do corpo.
Sintomas: o local fica vermelho, um pouco inchado e pode haver um pouco de dor.
O que não fazer: não usar gelo para resfriar o local e não esfregar ou apertar.
O que fazer: é necessário resfriar o local e para isso use água (água corrente, uma bacia com água fria ou compressas úmidas), depois de cinco minutos seque o local sem esfregar e com cuidado faça um curativo com uma compressa limpa. Em caso de queimaduras de primeiro grau é recomendável beber muita água e é permitido tomar remédio para dor.
2° Grau
Esse tipo de queimadura atinge a epiderme e a derme, por já não pode ser considerada superficial. Se o ferimento for pequeno é considerada leve, mas caso contrario sua gravidade é moderada, é grave apenas quando atinge, o rosto, o tórax, a virilha, o pescoço, as mão, os pés e as articulações ou uma área muito extensa do corpo.
Sintomas: dor intensa, liberação de líquidos, vermelhidão, inchaço e formação de bolhas.
O que não fazer: não usar gelo para resfriar o local, apertar ou esfregar o ferimento.
O que fazer: resfriar o local (pode ser usado: água corrente, um recipiente com água fria ou uma compressa limpa.), depois de cinco minutos seque o local com cuidado para não esfregar (nesse caso as bolhas podem explodir) e por último faça um curativo, ainda tomando cuidado para não esfregar ou apertar o local.
3° Grau
Todo e qualquer caso de queimadura de 3° grau é grave, pois ela atinge todas as camadas da pele, podendo atingir os músculos e ossos. Nesse caso não há dor, pois os nervos são destruídos, mas vitima pode reclamar de dor por causa de outra queimadura (de 1° e 2° grau) que tiver.
Sintomas: a aparência desse ferimento pode ser escura, carbonizada, ou esbranquiçada.
O que fazer: devem ser retirados os acessórios e roupas, pois a área afetada irá inchar, depois resfrie o local usando compressas úmidas, em pequenas queimaduras de 3° grau (menos de cinco centímetros de diâmetro) pode ser usada água corrente ou o recipiente com água fria. Com cuidado para não apertar o local faça um curativo com compressa limpa e seja rápido em levar a vitima para o hospital, pois ela pode ter dificuldade em respirar.
O que não fazer: não usar gelo, se as roupas estiverem grudadas ao machucado não mexer, evite fazer  curativos nos pés, pois os dedos podem grudar uns nos outros, não oferecer remédios, alimento ou água, pois a vitima pode precisar tomar anestesia e nesse caso de estar em jejum.
Obs 1: se optar por usar, nos ferimentos pequenos, água corrente ou o recipiente com água, tenha cuidado, pois ele não deve estourar nenhuma bolha.
Obs 2: por não poder reclamar de dor a pessoa com a queimadura de 3° grau pode se machucar ainda mais.

Vem meu amor se conectar

Nós do blog 2 fizemos a paródia da música: "Vem meu amor" do grupo Olodum, com isso criamos a versão "Vem meu amor se conectar" que relaciona as vantagens e desvantagens das redes sociais com o tempo.

Quando eu te vejo sei logo que vou entrar
 Nessa telinha eu vou navegar
Vou twittar , orkutar e conversar
Mais o que eu quero é no facebook entrar
Essas redes sociais são bem legais
Mas tem que ter cuidado pra não viciar
Aprender , desenvolver e conectar
E pra você que eu fiz essa canção

Vem meu amor,  vem se conectar
Vem meu amor , nas redes socias entrar
Aproveite o tempo , o tempo vai passar
E você vai ver ,
Que tem que se atualizar 

As desvantagens você vai ver
O cyberbullying pode aparecer
A privacidade pode se perder
Se não tomar cuidado
 Não tera o que fazer
Vem meu amor , ha muitas vantagens
Vem meu amor , vem socializar
Novos amigos você pode encontrar
E o que quiser você pode achar
Venha para as redes , venha se conectar
Ja esta pronto para navegar.